Como usar imagens WebP no WordPress

como usar imagens webp no wordpress

O formato de imagens WebP desenvolvido pelo Google permite criar imagens muito mais leves que nos formatos PNG, JPEG e GIF. Além disto, as imagens salvas neste formato conseguem manter uma qualidade muito superior mesmo com compressão aplicada.

Por esse motivo o formato WebP pode ser uma alternativa muito eficaz para otimização de suas páginas, principalmente quando se trata de sites criados no WordPress. Caso tenha ficado interessado em otimizar seu site, não deixe de conferir nada, preparamos alguns tópicos bem interessantes sobre este formato de imagem, além disso vamos ensinar como usar o formato de imagens WebP em seu site WordPress.

O que são imagens WebP

WebP é um formato de imagem desenvolvido pelo Google que permite criar arquivos muito menores sem perdas de qualidade. Em comparação com o JPEG, o formato WebP permite criar imagens até 40% menores sem nenhuma perda na qualidade. Essa redução tem um impacto significativo na otimização de um site, visto que as imagens representam a maior parte dos arquivos de uma página da Web.

Nos dias de hoje, o avanço tecnológico permitiu o desenvolvimento de servidores com velocidades de processamento ultrarrápidas, além de mais tolerante a falhas, e com recursos para aproveitar melhor a energia consumida. Nesse ramo, muitas empresas têm investido pesado em tecnologias de ponta, que visam proporcional ainda mais velocidade, principalmente quando falamos de hospedagens. É nesse aspecto que entra o formato de compreensão de imagens WebP.

Para isso, o formato WeB fornece uma compreensão de dados sem perda, podendo economizar até 50% de espaço em disco, dependendo do tipo e da qualidade da imagem a ser convertida (sendo mais utilizado para formatos mais comuns, como o JPEG ou/e PNG).

Principais vantagens do formato WebP

O formato de imagens do Google possui uma série de vantagens que o tornam uma excelente opção para deixar seu site carregando muito mais rapidamente. Apesar de ainda não ser muito popular, o formato de imagens WebP foi criando em 2010 e desde então tem se desenvolvido bastante.

Tamanho menor

O item mais procurado por quem busca eficiência em espaço é a diminuição do consumo de recursos. Otimizar o espaço consiste não só em ganho de desempenho, mas também de um melhor aproveitamento de recursos, o que pode reduzir bastante o custo do serviço.

O Google promete que o WebP possui uma maior compreensão dos dados comparado a outras soluções, o que, segundo ele, reduz significativa da imagem e mantendo a qualidade sempre nos mais altos padrões de resolução.

Compressão sem perdas

No contexto de arquivos de mídia, um dos principais desafios é a compreensão de dados sem perda, ou seja, sem degradar a qualidade final da imagem. Nesse aspecto, podemos considerar uma solução eficiente aquela que comprime os dados sem afetar negativamente a qualidade do arquivo.

Com certeza, relacionado a isso, uma das principais características do WebP está na compreensão eficiente de dados de imagem. Nesse quesito, o formato WebP consegue manter a compreensão sem perdas, ou seja, mantendo a qualidade máxima em todos os casos. Sendo assim, o WebP consegue permitir uma compreensão eficiente de dados, mantendo a qualidade, sem perdas, sem distorções, sem muitas modificações na estrutura do arquivo.

Diante dos pontos levantados, de acordo com o Google, o formato WebP oferece:

  • Entre 25% a 34% um tamanho de imagem menor do que as imagens em formato JPEG;
  • Em torno de 26% em tamanho de imagem menor comparado ao formato PNG;
  • Ainda mantém a qualidade da imagem mesmo após a compreensão dos dados.

Principal desvantagem do formato WebP?

Embora o formato WebP ofereça uma série de vantagens, infelizmente, uma parte dos navegadores mais antigos ainda não suportam esse tipo de imagem. Nesse ponto específico, é necessário pensar em soluções alternativas para isso. Em geral, pode ser necessário manter outros formatos de imagem como backup.

Para contornar os problemas de incompatibilidade, é preciso incluir imagens em outros formatos como backups nas páginas e, assim, os visitantes com navegadores não suportados podem acessar tranquilamente o conteúdo. Nesse caso, pode ser necessário manter (além do formato WebP) algum formato de imagem alternativo, como o PNG e/ou JPEG.

Temos uma excelente notícia para você. Diante do sucesso do formato WebP, muitas empresas já estão se adequando a essa tecnologia, fornecendo atualizações nos navegadores para dar suporte o quanto antes ao formato de imagem WebP, visto que tal formato é uma excelente opção para redução do consumo de tráfego de rede.

Como usar imagens WebP no WordPress?

Caso queira usar imagens no formato WebP no WordPress, o processo é um pouco mais trabalhoso do que o normal. Para isso, existem vários métodos alternativos, sendo o mais prático e fácil deles a instalação de plugins que permitam isso. Diante disso, não deixe de conferir os tópicos a seguir, onde listamos alguns dos plugins mais utilizados para converter imagens no formato WebP dentro do WordPress.

A melhor opção é instalando um plugin como Imagify ou Optimus Image Optimizer. Dentre as outras opções de plugin, o Imagify pode ser a escolha mais. Para realizar a instalação, vá até o painel de administração do WordPress, no menu plugins, procure por “Imagify” e realize o download do arquivo. Um detalhe importante, vale lembrar que o plugin Imagify exige a compra de licença para otimizar imagens com mais de 2 MB.

Conclusão

Converter imagens para WebP no WordPress é sem dúvidas um método poderoso para melhorar o desempenho do seu site, principalmente em conexões mais lentas. Nesse quesito, as imagens WebP fornecem a união entre desempenho e qualidade de imagem.

Embora as soluções para WebP no WordPress sejam limitadas e talvez um pouco difíceis de instalar, ainda vale a pena todo esse esforço. Portanto, é uma ótima solução para quem busca otimização, principalmente para páginas no WordPress que utilizem uma grande quantidade de fotos, como páginas relacionadas a comércio virtual.