O que são os domínios de topo TLD, gTLD e ccTLD

domínios de topo tld gtld cctld

Na hora de fazer a hospedagem de um site, uma das decisões a serem tomadas é a escolha do domínio. Para escolher uma boa opção, é necessário conhecer os nomes disponíveis para registro e suas extensões, que são também conhecidas como TLD’s (Domínios de nível de topo – Top Level Domain, em inglês). 

Os domínios de topo são divididos em gTLD e ccTLD. Para compreender o que são essas siglas, primeiramente é necessário entender como é estruturada a formação de um domínio. Um domínio simples é formado basicamente por nome e extensão. O nome é a parte principal, que constitui a identidade do site, enquanto a extensão é o sufixo final. No endereço “hospedagem.com”, por exemplo, “hospedagem” é o nome e “.com” a extensão.

Essas extensões são instituídas e regulamentadas pela ICANN, uma entidade sem fins lucrativos vinculada ao governo dos Estados Unidos.  Vamos agora saber o que significa cada uma das siglas.

O que é TLD (Top Level Domain)

Já entendemos o que são as extensões do nome do domínio. O TLD, ou Domínio de Nível de Topo, é a nomenclatura utilizada para cada extensão. Este nome indica qual o tipo de serviço ofertado pelo seu site e qual a região em que ele se encontra. Entretanto, ela não indica necessariamente onde é a hospedagem do site. Um site “.br” não precisa obrigatoriamente estar hospedado no Brasil, por exemplo.

Os Domínios de Topo são fixados pela ICANN, e é necessário utilizar os que foram pré-estabelecidos por eles. Você não pode “inventar” uma extensão de domínio, embora a entidade esteja criando cada vez mais opções para atender a apelos comerciais. Gigantes como o Google já conseguiram criar sua própria TLD.

Existem dois grupos de Domínios de Topo, os genéricos (gTLD) e os de países ou territórios (ccTLD). Vamos verificar quais as principais características de cada um.

O que é gTLD (Generic Top Level Domain )

Este é o tipo mais básico de extensão de domínio, e também o primeiro a ser criado. Significa em português Domínio de Nível de Topo Genérico, e é utilizado na hospedagem da maioria dos sites.

A primeira gTLD criada foi a .com, voltada originalmente para entidades comerciais. Entretanto, hoje em dia ela é largamente usada por quase todos os sites. As gTLD’s também são conhecidas como “Internacionais”, por geralmente indicarem sites que podem ser acessados em qualquer lugar do mundo.

Quais são as principais gTLDs:

A lista de todas as gTLDs pode ser encontrada no site da ICANN. As principais extensões genéricas são:

  • .com: É a extensão genérica mais utilizada em hospedagens;
  • .gov: Utilizada para sites governamentais.
  • .net: Essa é uma extensão também muito conhecida, mas que caiu em desuso. Hoje em dia é mais utilizada em hospedagens de sites de profissionais da Tecnologia da Informação;
  • .edu: Indica geralmente sites de instituições educacionais;
  • .moda: Criada especialmente para atender ao apelo da indústria da moda, utilizada em sites de estilistas ou confecções;
  • .live: Utilizado para mídias em geral, como TV, canais online ou podcasts.

O que é ccTLD (Country Code Top Level Domain)

A ccTLD (Domínio de nível de topo de código de país, em português), serve para identificar qual é o país do domínio. É o caso do “.br”, por exemplo. Cada ccTLD é um código formado por duas letras e representa um país ou território.

Com a popularização da internet, hoje em dia o ccTLD não é mais usado apenas por países. Os estados brasileiros possuem uma extensão própria, como “.rs” ou “.sp”.  Apesar de serem mais utilizadas para hospedagem de sites governamentais, as extensões de estado estão disponíveis para qualquer um registrar. Grandes metrópoles também ganharam sua própria extensão, como o Rio de Janeiro (.rio) e Nova Iorque (.nyc).

Ao contrário da gTLD, a ccTLD não é mantida pela ICANN. Cada nação possui um órgão regulamentador que faz esse serviço. No caso do Brasil, esta entidade é o Registro BR.

Apesar de serem extensões mais restritas, o site pode ter a hospedagem e um país e o domínio de outro, desde que faça o registro no órgão competente. Essa opção é muito utilizada por empresas que atuam em mais de um país.

Além disso, algumas ccTLD passaram a ter outros significados pela sigla que compõe, sendo hoje utilizados como jogada de marketing pelas empresas.

Quais as principais ccTLD’s?

Cada país ou território possui seu próprio código, totalizando mais de 250 extensões numa lista que só aumenta. Você pode conferir a relação completa aqui. As principais ccTLD são:

  • .br: utilizada em sites com hospedagem no Brasil ou por empresas que possuem negócios no país.
  • .tv: Este domínio foi originalmente criado para a nação Tuvalu, mas atualmente é utilizado pelas emissoras de Televisão;
  • .me: representa a nação de Montenegro, mas é muito utilizada em sites pessoais, por lembrar o pronome “eu”, em inglês;
  • .co: Com intenção de representar sites hospedados na Colômbia, essa extensão também é muito utilizada por corporações.

Uma curiosidade: apesar dos Estados Unidos possuírem o ccTLD .us, a maioria das empresas do país utilizam o .com como domínio principal. Isso porque o inglês é a língua mais utilizada internacionalmente, e o .com indica um domínio global. O domínio “.us” é mais utilizado por lá em sites governamentais.

Qual Domínio de Topo escolher?

Conhecer as particularidades de cada extensão é essencial para saber qual escolher na hora de registrar seu domínio. É bom frisar que hoje em dia as extensões não possuem diferenças técnicas, e são mais usadas para explorar o marketing das empresas.

A TLD utilizada não vai influenciar em ter uma melhor hospedagem. A qualidade da hospedagem do site, como sua velocidade e disponibilidade, é assegurada pelo servidor de hospedagem utilizado. Porém, escolher a extensão certa vai otimizar o SEO da página e melhorar a identidade do site.

A escolha certa da gTLD e/ou ccTLD irá influenciar em como sua marca é vista no mercado. De nada adiantar ter uma boa hospedagem e um site bonito se a marca não passar confiança, não é mesmo? Hoje em dia as empresas são conhecidas principalmente através da internet, de forma que a aparência do domínio é tão importante quanto a sua logomarca.

Se você possui um negócio online, vale a pena sempre registrar o domínio “.com”. Além de evitar que outra pessoa utilize o nome da sua marca, também ajuda a passar maior credibilidade ao seu negócio.

É importante sempre registrar também o domínio “.br”. Como as pessoas já estão habituadas a utilizar a extensão aqui no Brasil, isso irá facilitar muito o acesso e o tráfego do seu site. Além do mais, a utilização do “.br” melhora a colocação do site nos motores de busca, como o Google, para resultados nacionais.

Extensões excêntricas também podem prejudicar a confiabilidade do seu site. Usar uma gTLD como “.xyz” irá fazer com que muitas pessoas pensem duas vezes antes de visitar sua página. Uma extensão muito estranha também dificulta que as pessoas lembrem-se do seu site. Não se esqueça de que o “.com” e o “.com.br” já estão há muito tempo na mente das pessoas, e são os primeiros a ser lembrados.

Boas práticas para escolher uma extensão

Não existe receita de bolo na hora de escolher a TLD para sua hospedagem. No entanto, algumas boas práticas devem ser consideradas como forma de otimizar o SEO e a posição no ranking do Google. Confira algumas delas:

  • Leve em consideração o seu tipo de site: Esta é a dica mais importante. O nome do seu site deve representar objetivamente o que ele oferece. Você deve considerar se é uma página pessoal, comercial, educacional ou coorporativo;
  • Vá de básico: Considere sempre utilizar as extensões genéricas mais antigas e conhecidas. Isso irá facilitar a memorização do domínio;
  • O comum é mais confiável: Embora TLD’s estranhas, como o “.tv” estejam sendo cada mais usadas, as mais comuns passam maior confiança.

Conclusão

A escolha de uma TLD correta é tão importante quanto o nome do domínio e a hospedagem. A reputação do seu site começa a ser construída pelo domínio. É necessário que ele passe uma mensagem segura e fácil de ser lembrado. Com a difusão atual da internet, o site pode ser a principal identidade do seu negócio.

Com a avalanche de portais, sites e blogs existentes na rede, é cada vez mais importante garantir que o seu se diferencie e ganhe destaque em seu seguimento. Pelo mesmo motivo, é necessária uma boa colocação nos mecanismos de buscas para ser visto, e o trabalho de SEO começa na escolha do domínio.

Assim, os Domínios de Topo hoje representam muito mais do que apenas extensões que diferenciam os sites. Elas influenciam no marketing, SEO, popularização da marca e confiabilidade do público. Conhecer as extensões e utilizá-las corretamente é essencial para um projeto de sucesso.

*Condições no site